quinta-feira, 23 de julho de 2015

PROTEINAS DA SEDA NA SABOARIA ARTESANAL


A seda é um tecido que desliza no corpo, de toque macio e agradável, utilizado há anos para a confecção de roupas, não demorou muito para descobrirem sua utilização nos cosmeticos.
Na saboaria artesanal natural também é utilizada o casulo ou os fios em shampoo em barra e em sabão para higiene pessoal, os naturalistas gostam, mas é rejeitada pelos veganos por ser de origem animal, acredito no espaço para as propriedades da seda em produtos naturais por seus benefícios para a pele e o cabelo. 
Temos empresas que fazem o manejo sustentável da matéria prima e com muito cuidado em todas as etapas da produção e é desses fornecedores que adquirimos os casulos.
Vamos entender que benefícios trazem para os cuidados da pele e do cabelo para decidir se vale ou não a pena utilizarmos em nossos produtos.  Eu uso nos meus produtos.
Sou naturalista e não vegana, na verdade sou meio vegana porque dou minhas escapulidas, sem radicalismos e com muito bom senso sempre! O que não gosto e evito sempre são os produtos alterados pelo homem, que passam por laboratórios e tem seus princípios ativos isolados ou sintetizados, tudo que é modificado não serve e tudo que não é sustentável também não serve. O casulo é natural e por isso é um bom motivo para ser utilizado, ainda mais depois de ter descoberto que podemos ter cuidados na extração e em todas as etapas da produção.
As barras de shampoo e o sabão possuem espuma sedosa e emoliente.  
Para o cabelo: forma um filme nos cabelos, protetor contra os agentes externos, enquanto sua ação penetrante o alimenta, o que proporciona benefícios como grande brilho, maciez, estilo, volume e força.  Reestruturador da fibra capilar, porque consegue doar aos fios elásticos e desestruturados a resistência que precisa, em outras palavras nutre essencialmente o cabelo além de hidrata-lo, retendo agua e assegurando sua umidade natural.
Na pele, dá um toque suave e sedoso, além de manter a umidade natural. 
Agora que você sabe as propriedades e produz seus cosmeticos, pode decidir se vai utilizar no seu produto, mais importante e colocar os ingredientes e ser o honesto com o consumidor para que possa decidir de acordo com sua convicções.   
Uma poesia sobre a seda: 
Teu amor é como a seda macia que envolve meu corpo. Teu amor é luz em meio a escuridão. Teu amor é aconchego. Teu amor é linha, a tecer meu coração. Teu amor é proteção. Tu és proteção em meio a desilusão. Tu és minha fortaleza. Tu és meu alimento, minha fonte de sabedoria. Espero que me guie pela luz. A luz que salva e faz renascer. (Ana Angélica)
Se desejar se aprofundar no assunto, a Bem Natural "Saboaria e Botica" oferece cursos de sabonetes artesanais e 100% naturais, veganos e orgânicos no ateliê localizado em Salto, há 105 km de SP e localizado próximo do aeroporto de Viracopos para as pessoas que vem de outros estados.
Para mais informações sobre os cursos e comprar produtos naturais: bemnaturalsaboaria@yahoo.com.br ou no site  www.bemnaturalsaboaria.com.br
WhatsApp 11 9 95222320 após as 14 horas

quarta-feira, 22 de julho de 2015

VELAS DE PARAFINA x VELAS NATURAIS

Quem adota um estilo de vida alternativo e se preocupa com tudo que consome e com o impacto ambiental desses produtos, também pensa nas velas que ocasionalmente utiliza desejando que esse simples ato tenha aspectos positivos na sua utilização e pesquisando as velas naturais fiquei encantada com as possibilidades e com os aspectos purificadores das velas de cera de abelha em particular. Embora aqui no Brasil não exista o habito de usar velas como em outros países, tenho notado uma procura por velas naturais e vegetais por pessoas que adotam o estilo de vida alternativo e saudável para si e para o planeta. As velas de cera de abelha são a alternativa mais saudável, mais barata e ambientalmente amigável, as velas de parafina são prejudiciais para o corpo humano e para o meio ambiente, contém em sua formulação corantes e ingredientes artificiais.
Pureza e Segurança: As velas de cera de abelha são conhecidos por sua queima ser mais limpa em comparação com qualquer outro tipo de velas.                                                                                        As velas de parafina, por outro lado, são conhecidos por criar fumaça tóxica que podem causar uma variedade de problemas respiratórios e até mesmo piorar a asma em pessoas que sofrem desta condição. Isto acontece devido ao fato de que a parafina é um subproduto da indústria do petróleo e a cera de abelha ocorre naturalmente e não há outros ingredientes sintéticos envolvidos. Velas de cera de abelha são 100% seguro para uso a longo prazo, e não há efeitos colaterais.
Durabilidade: As velas de cera de abelha são conhecidos por ter uma vida útil mais longa,  queimam mais lentamente em comparação com outras velas, não escorrem, ao contrário de velas de parafina que gotejam excessivamente e têm um tempo de queima relativamente curto. Em outras palavras, apesar das velas de cera de abelha serem um pouco mais  caras que as de parafina, duram mais e é isso é um grande investimento a longo prazo.
Qualidade da chama: Estes dois tipos de velas também diferem em termos de intensidade de luz e de qualidade. As velas de cera são conhecidos para emitir uma luz brilhante, agradável, que é semelhante à luz emitida pelo sol.  Por outro lado, as velas de parafina fornecem uma luz semelhante ao de lâmpadas incandescentes ou de lâmpadas de halogêneo, que podem ser extremamente cansativo para os olhos se utilizados por um longo período de tempo. Isto não só é cansativo e incômodo, mas pode afetar os olhos, bem como, eles podem diminuir a concentração e fazer você se sentir sonolento.
Quantidade de toxinas: As toxinas são conhecidos por causar uma variedade de doenças potencialmente fatais, incluindo o câncer. As velas de parafina emitem uma fumaça tóxica que tem um impacto devastador sobre a saúde a longo prazo. Por todos esses motivos é altamente recomendado o uso de velas de cera de abelha que fornecem íons negativos que têm exatamente o efeito oposto: elas purificam o ar e refrescam o corpo.                                                                     Além disso, a cera não contém nenhuma fragrância artificial ou conservantes - este tipo de cera é totalmente natural e seu aroma agradável é dada pelo néctar da flor combinado com o cheiro do mel. Velas de parafina, por outro lado, requerem cores e fragrâncias artificiais para emitir um cheiro agradável que remove o odor característico da parafina.
Impacto Ambiental: Por último, mas não menos importante, VELAS DE CERAS NATURAIS respeitam o ambiente, desde o processo de coleta e processamento de cera de abelha não poluindo o meio ambiente nem na produção e nem na queima; além do mais, a fonte é natural e renovável. Este não é o caso com as velas de parafina, que são feitos a partir de petróleo, uma fonte não renovável que pode desaparecer.

Fazer uma vela de cera de abelha é muito simples, basta derreter a cera em banho maria, tomando o cuidado de não aquecer em excesso e perder o aroma adocicado do mel.
Escolher um vidro refratário ou grosso, de preferência baixo e não muito largo colocar um pavio utilizando prendedor de roupa ou prendendo com dois palitos para centralizar e manter reto, derramar a cera e aguardar esfriar, normalmente ocorre uma retração junto ao pavio, basta corrigir com a cera bem quente, para que derreta um pouco a camada anterior e sua vela fique perfeita!
Aguardar 24 horas e depois é só acender e usufruir dos benefícios que a vela de cera de abelha proporciona.
Se gosta de fragrâncias utilize ceras vegetais e óleos essências.
Se desejar se aprofundar no assunto, a Bem Natural "Saboaria e Botica" oferece cursos de velas vegetais naturais e aromatizadores com tinturas e óleos essenciais  no ateliê localizado em Salto, há 105 km de SP e localizado próximo do aeroporto de Viracopos para as pessoas que vem de outros estados.
Para mais informações sobre os cursos e comprar produtos naturais: bemnaturalsaboaria@yahoo.com.br ou no site  www.bemnaturalsaboaria.com.br
WhatsApp 11 9 95222320 após as 14 horas


sábado, 18 de julho de 2015

FORMAS DE ACRILICO

Essa postagem é especial para a nossa amiga Carmen que acompanha nosso blog e teve dificuldade em retirar o sabão da forma, conversamos e como prometido uma nova postagem com fotos.
Para quem não gosta de forrar formas ou não tem habilidade, a forma de acrilico vem como uma solução muito prática e nos meus testes não interfere no processo, desde que faça o isolamento correto dentro de um isopor e com cobertores ou toalhas velhas.
Inconveniente da forma! é necessário fazer manutenção porque a cola termina derretendo ao ser exposta a variações de temperatura e ao hidróxido de sódio. 
Segue o passo a passo da retirada do sabonete da forma. As vezes é necessário 48 horas para poder retirar com tranquilidade.
A forma só pode ser utilizada com a massa de sabão do processo a frio. A base transparente esparrama, por isso não da para utilizar!

Retire o plástico filme da parte de baixo da forma. 



Escolher dois copos que passem tranquilamente dentro da forma, coloque a placa de acrílico que acompanha a forma. 
 
 Coloque a forma com a barra de sabão em cima da placa de acrílico e force para baixo, sua barra de sabão vai deslizar com tranquilidade.

 Pronto, sua barra de sabão pode ser cortada!

Barras cortadas e prontas para a cura de 45 dias.

sábado, 4 de julho de 2015

PROGRAMAÇÃO DE CURSOS PRESENCIAIS PARA JULHO DE 2015

Vários workshop sobre sabão e shampoo natural & vegetal, “pratico e teórico” (sábado/domingo ou Sexta/Sábado das 9:00 as 18 horas) ensinamos tudo que você precisa saber para produzir sabões naturais e vegetais com segurança. Abordamos todos os assuntos referentes ao processo material de apoio, segurança, matéria prima, sobregordura, traço, conservantes, pigmentos e corantes, aditivos, breve noção de perfumaria com óleos essenciais, corte, cura, pH, embalagem e outros assuntos referentes ao processo. O curso inclui um material enviado por e-mail em PDF e não tem necessidade de trazer nada para fazer o curso presencial no ateliê da BEM NATURAL, SABOARIA & BOTICA, apenas a vontade de aprender. Levara para casa uma barra de sabão para usar no mesmo dia e pedaço do sabão feito em aula para acompanhar a cura.
Nosso ateliê esta muito bem localizado e ligado as "maiores cidades do Estado de São Paulo por modernas rodovias": estamos há 100 km da capital vindo pela Rodovia Castelo Branco, 47 km de Campinas, 65 km de Jundiaí, 44 km de Sorocaba, 70 km de Piracicaba. Estamos próximos dos "aeroportos": 35 km do aeroporto Internacional de Viracopos/Campinas; 109 km de Congonhas/SP; 138 km de Guarulhos/SP. Rodovias: 97 km do Rodoanel, 103 km da marginal Pinheiro, 36 km da Rod Castelo Branco/Sorocaba; 100 km da marginal Tietê; 45 km da Rodovia Anhanguera/Campinas; 35 km da Rod Bandeirantes/Campinas.
NOSSO ATELIÊ FICA PRÓXIMO DA RODOVIÁRIA, centro da cidade, hotéis e pousadas, cerca de 500 metros do ateliê. 

Para entrar contato: bemnaturalsaboaria@yahoo.com.br
Site: www.bemnaturalsaboaria.com.br
Telefones: Whatsapp  11 9 95222320  VIVO

terça-feira, 12 de maio de 2015

CRESCE A PROCURA POR COMÉSTICOS NATURAIS


Fiquei muito feliz de ver duas alunas de destacando na mídia, mostrando a produção de sabonetes e cosmeticos naturais. Essa matéria publicada no jornal o globo, comprava a atual tendência do uso e consumo consciente de produtos cosmeticos.
"Praticam a chamada slow beauty, corrente surgida nos Estados Unidos que condena o consumo excessivo de produtos voltados para a estética e que toma o maior cuidado com a procedência deles. O trio de amigas formado por Melina Goulart, Amanda Leão e Luiza Carvalho é assim. Na mesma linha, o casal "Juliana Nabuco e Marcello Gazzola" montou um laboratório na lavanderia de casa. Cada um à sua maneira, nas horas vagas ou com dedicação exclusiva, eles embarcam na onda de usar as próprias mãos".
Podem conferir a publicação na integra nesse link:
http://ela.oglobo.globo.com/beleza/cresce-turma-que-faz-os-proprios-cosmeticos-com-formulas-naturebas-em-laboratorios-caseiros-16034226?utm_source=Facebook&utm_medium=Social&utm_campaign=O+Globo

SLOW COSMETIQUE OU SLOW COSMETIC

Tem-se falado muito nos termos francês "slow cosmetique" e inglês "slow cosmetics", que na tradução seria cosmética lenta e cosmética demorado.
Vamos entender um pouco o que quer dizer e como surgiu: O termo "cosmético lento" foi inventado por Julien Kaibec , aromaterapeuta apaixonado por cosméticos naturais, que ensina aromaterapia na França e na Bélgica. O termo é uma homenagem ao movimento "Slow Food", que defende um regresso a uma alimentação saudável e ética. Respeito ao meio ambiente e a sua pele, sem o uso de produtos nocivos a sua saúde e ao meio ambiente.
Os produtos de beleza devem ser produzidos e utilizados respeitando a Natureza e o Homem. Nesta visão, o cosmético lento expulsa todos os ingredientes derivados de química de síntese e petroquímica, bem como qualquer ingrediente potencialmente perigoso, seja para o ser humano, seja para o meio ambiente.
O cosmético lento é a grande tendência do momento, mesmo com grandes marcas de produtos de beleza trazendo novidades a cada dia, mais e mais consumidores adotam os cosméticos naturais, seja fazendo o seus próprios produtos ou adquirindo de amigos que produzem em laboratórios caseiros, com ingredientes simples e encontrados na sua cozinha ou em lojas de produtos naturais. O cosmético lento é bom para o corpo e para o ambiente, porque é biocompatível com a nossa pele e não deixa resíduos no meio ambiente porque todos os ingredientes utilizados são naturais e as embalagens são simples e muitas vezes vidros reciclados.
É também uma resposta direta do consumidor ao abuso de grandes grupos de produtos cosméticos e da publicidade, que além de criar uma necessidade onde não há necessariamente a necessidade, faz promessas iludindo os consumidores. Julien coloca os cuidados com a beleza e grandes marcas em julgamento mostrando como usam uma falsa imagem verde e responsável para vender seus produtos, quando na verdade não são.
Os "princípios de cosméticos lentas", são baseados em princípios simples e compreensíveis: o conhecimento, bom senso e ética comum.
Esta maneira de olhar para os cosméticos exige um bom conhecimento de sua pele, seu funcionamento e suas necessidades. Uma vez que a sua pele não tem mais segredos para você, você pode começar a olhar a formulação de seu cosméticos e para a lista de ingredientes utilizados identificando os ingredientes nocivos. 
Podemos encontrar uma lista de substancias que são identificadas nos cosméticos como  INCI (Nomenclatura Internacional de Ingredientes Cosméticos) sendo obrigatório e muitas vezes localizada diretamente sobre a parte de trás dos produtos. Na investigação desses ingredientes, você acabará por distinguir quais os ingredientes são bons para a pele e quais evitar, porque é desnecessária ou nociva para você e o meio ambiente. Os defensores da estética lenta são muito ligados a produtos de beleza orgânicos e rotulados.
Além do conhecimento, consumo consciente: produtos de beleza devem satisfazer as necessidades da pele, e não criar novos. Precisamos limitar o número de produtos utilizados e permanecer fiel a eles para lhes dar a oportunidade de agir no melhor. 
Seja critica sobre a publicidade agressiva das grandes marcas de cosméticos!
Ética é também é uma das grandes batalhas de cosmética lenta.
Para ir mais longe? Entre para o movimento da cosmética lenta adquirindo produtos cosméticos naturais ou faça seus próprios cosméticos.
E agora, você já sabe sobre o fenômeno da cosmética lenta. Você aderir a esse movimento? Você vai quebrar as regras?
A "BEM NATURAL" SABOARIA E BOTICA, oferece cursos online e cursos presenciais ensinando a produzir produtos naturais.
Acompanhe nossa agenda no facebook: https://www.facebook.com/bemnaturalsaboaria
As inscrições podem ser feitas através do site: www.bemnaturalsaboaria.com.br

segunda-feira, 23 de março de 2015

AGENDA DE CURSOS DE 2015



Os cursos da Bem Natural Saboaria, cosméticos & perfumes, são de produtos artesanais e naturais com óleos essenciais ou essências sem ftalatos, as bases são feitas do zero.  As datas podem sofrer alterações devido a imprevistos e negociações de cursos em outras cidades brasileiras. Também podemos marcar cursos extras dependendo da procura.
Os cursos acontecem em SP capital, na Rua Pimenta Bueno, Bairro Belém na life cosmetics.
Os cursos também acontecem no ateliê da Bem Natural Saboaria em Salto/SP, há 105 km de SP, próximo
As inscrições podem ser feitas no site nesse link: www.bemnaturalsaboaria.com.br
Celular para contato: 11 9 97615563
Maio
21 e 22 - Saponificação a frio (www.bemnaturalsaboaria.com.br)
26 e 27 - Sabonete Liquido, no ateliê da Bem Natural em Salto, inscrições: (www.bemnaturalsaboaria.com.br)
30 e 31 - Saponificação a frio em Salvador inscrições: (www.bemnaturalsaboaria.com.br)
Junho
09 e 10 - Sabonete líquido e Shampoo em SP (www.lifecosmetics.com)
12 e 13 - Saponificação a frio em SP (www.lifecosmetics.com)
19 e 20 - Saponificação a quente, base transparente e branca (www.bemnaturalsaboaria.com.br)
26 e 27 - Saponificação a frio (www.bemnaturalsaboaria.com.br)
Julho
07 e 08 - Aromatizador, spray de ambiente, agua de passar e velas vegetais em SP (www.lifecosmetics.com)
10 e 11 - Saponificação a frio (www.lifecosmetics.com)
18 e 19 - Cosméticos naturais e vegetais (www.bemnaturalsaboaria.com.br)
25 e 26 - Saponificação a frio (www.bemnaturalsaboaria.com.br)
Agosto
01 e 02 - Perfumaria Natural (www.bemnaturalsaboaria.com.br)
11 e 12 - Saponificação a quente, base transparente e branca(www.lifecosmetics.com)
14 e 15 - Saponificação a frio (www.lifecosmetics.com)
21 e 22 - Saponificação a frio (www.bemnaturalsaboaria.com.br)
28 e 29 - Cosméticos naturais e vegetais (www.bemnaturalsaboaria.com.br
Setembro
01 e 02 - Saponificação a frio (www.lifecosmetics.com)
04 e 05 - Saponificação a quente, base transparente (www.lifecosmetics.com)
18 e 19 – data reservada para o encontro nacional de saboaria em Cunha-SP
25 e 26 - Produtos para casa e ambiente (www.bemnaturalsaboaria.com.br)
Outubro
07 e 08 - Sabonete líquido e Shampoo (www.lifecosmetics.com)
10 e 11 - Saponificação a frio (www.lifecosmetics.com)
16 e 17 - Cosméticos naturais e vegetais (www.bemnaturalsaboaria.com.br)
23 e 24 - Produtos para casa e ambiente (www.bemnaturalsaboaria.com.br)
30 e 31 - Perfumaria Natural (www.bemnaturalsaboaria.com.br)
Novembro
07 e 08 - Sabonete líquido e Shampoo (www.bemnaturalsaboaria.com.br)
10 e 11 - Saponificação a frio (www.lifecosmetics.com)
13 e 14 - Sabonete líquido e Shampoo (www.lifecosmetics.com)
21 e 22 - Cosméticos naturais e vegetais (www.bemnaturalsaboaria.com.br)
28 e 29 - Saponificação a frio (www.bemnaturalsaboaria.com.br)
dezembro
08 e 09 - Sabonete líquido e Shampoo (www.lifecosmetics.com)
11 e 12 - Saponificação a frio (www.lifecosmetics.com)
18 e 19 - Cosméticos naturais e vegetais (www.bemnaturalsaboaria.com.br
21 e 22 - Produtos para casa e ambiente (www.bemnaturalsaboaria.com.br)
Vamos incluir datas durante a semana para saponificação a frio no mês de dezembro.

segunda-feira, 28 de julho de 2014

A CURA DO SABÃO NO PROCESSO DE SAPONIFICAÇÃO A FRIO

Sobre a cura do sabão, importantíssimo!!!
Tenho visto muitos saboeiros dizendo que deixa apenas 30 dias e alguns até eliminado esse período tão importante no processo artesanal e isso é um perigo porque muitas vezes o sabonete ainda não esta maduro o suficiente para uso. será que você compraria um queijo antes da cura, com certeza o sabor não seria o mesmo e a qualidade seria questionável....com sabonete artesanal é a mesma coisa!!!   
Não existe nenhum livro e nenhum saboeiro de renome e que faça parte da saboaria artesanal ( Melinda Coss, Susan Miller Cavith, Ann Bramson's só para citar os mais antigos) que afirme que o sabão esta pronto em 72 horas e sim que "a soda continua agindo pelo período de cura"......o pH do sabão quando passa pela fase gel é definido em 72 horas, sabão que não passou pela fase gel completa e com grande porcentagem de agua pode ter a soda agindo por um período ainda maior que os 45 dias por isso o castille fica na cura tanto tempo há séculos, utilizando o mesmo processo. O que sei é que somente 80% das gorduras vão ser consumidas pela soda e por ser um "processo artesanal" a cura é essencial para a total neutralização, perda de acidez (tão prejudicial qto a soda), estabilidade e secagem, o sabão melhora como um todo tendo mais durabilidade no banho. Um sabonete embrulhado com celofane antes do período de cura fica enrugado porque temos a ação da soda sobre o papel e infelizmente por causa da pressa pude comprovar na pratica. Qualquer saboeiro responsável deixa seu sabonete curar e também pode comprovar a diferença usando um sabonete em 72 horas e um sabonete em 45 dias...nem digo 30 dias porque depende de vários fatores e em 30 dias ele pode ainda não estar adequado para uso. Processo artesanal é diferente de processo industrial, que tem tudo controlado e esse não é o caso da saboaria artesanal. 
Artesanal é diferente de industrial e artesão quer se profissionalizar como artesão e nem tem como bancar certos aparelhos utilizados em laboratório e por isso precisa ser consciente e fazer o artesanal com responsabilidade e conhecimento.....e cada um é responsável pelo que faz e pela fonte de informação que deve ser confiável.....na internet tem boas informações, mas também tem informações erradas e é necessário saber separar e aproveitar o que ela oferece de melhor. 
Outro detalhe importante quando o sabão é retirado da forma alguns sabonetes estão tão alcalinos que se estiver sem luva sua mão vai sentir, por isso deve ser retirado da forma com luvas e deve ser manipulado com luvas durante todo o período de cura. O uso de luvas é um recurso que protege você e o seu produto!!!
Artesanal feito com responsabilidade e conhecimento!!!

domingo, 1 de junho de 2014

O QUE É UMA SABOARIA ARTESANAL?

Na saboaria artesanal as bases são feitas a partir do zero, ou seja, os sabonetes são produzidos artesanalmente em pequenos lotes através de uma reação química simples chamada "saponificação". Essa reação química acontece na presença de ácidos graxos (óleos e gorduras vegetais ou animal) e uma base forte (hidróxido de sódio/hidróxido de potássio) que se transforma num sal, o sabão!!!
Fazer um sabão é simples e ao mesmo tempo complexo porque tem inúmeras variáveis envolvidas e com certeza é o que torna essa atividade tão prazerosa, excitante e viciante!
A possibilidade de escolher cada óleo, cada cor, cada erva e planejar cada detalhe nos porporcionam um prazer indescritível.
Muitas pessoas me perguntam como aprendi, então vamos lá...comecei a estudar o processo sozinha em livros e minhas mestras nos livros são a Melinda Coss e a Susan Miller Cavitch, depois percebendo a complexidade do processo e por fazer duas receitas que não ficaram satisfatórias comecei a procurar professoras que pudessem me ensinar, como no Brasil ainda não tínhamos professores procurando na internet terminei encontrando dois cursos que para mim foram imprescindíveis e esses conhecimentos de curso a distancia são validos até hoje quando estou executando uma receita. 
Na Europa, principalmente na França as saboarias são uma tradição e encontramos muitas espalhadas pelas cidades da Europa e o que é mais importante valorizam a produção local. Veja algumas das maiores e mais conhecidas nos endereços abaixo, são saboarias modernas, mas conservando a tradição.
http://www.smnovella.com/contents/storia-officina-1.html
http://www.marius-fabre.fr/visiter-la-savonnerie/le-musee-du-savon-de-marseille/
http://www.avignon-et-provence.com/savon-de-marseille/marius-fabre-soaps/#.Ux5UP_mwKRY
http://savonnerie-martin-de-candre.com/en/96-sachet-savons-cubes
Temos também muitas outras saboarias pequenas, como as abaixo:
https://www.youtube.com/watch?v=FRKW_j64S_Q
https://www.youtube.com/watch?v=Vkks0DS6UEo
https://www.youtube.com/watch?v=BH8CSssomyA
https://www.youtube.com/watch?v=4LijwHLgb44
https://www.youtube.com/watch?v=SaGIj3AUjIE
https://www.youtube.com/watch?v=edbP1rvj_7c
https://www.youtube.com/watch?v=69oE5rMDoS4
https://www.youtube.com/watch?v=vJyjgoTMdWk
No Brasil a saboaria artesanal e natural começou a ganhar força em 1995 quando a Conceição Fernandes começou a produzir através da saponificação a frio os primeiros sabonetes vegetais, com a facilidade de acesso a internet as pessoas interessadas nesse processo começaram a se encontrar através de grupos de discussão de sabonetes (yahoo groups) e ter mais acesso a informação sobre a tradicional "Savonnerie Artisanale".
Conseguimos reunir um grupo de quatorze pessoas, vou mencionar apenas as saboeiras que continuam juntas no grupo flor de laranjeira, temos a Conceição Fernandes da Barra de Sabão; Mara Maria da Bem Natural Saboaria, Derinha da Arte Sãs no Acre; Fernanda da Anandyn na Bahia; Ju Monteiro da Armazém Natural da Terra em São Paulo, Graça Tavares da Bio Ervas em Ituiutaba.
Nessa época conseguir matéria prima era uma verdadeira odisseia, no meu caso a soda vinha da farmaquimica no sul, alguns itens da casa das essencias poly e os óleos essenciais da ferquima e da laszlo......demorou para que conseguíssemos a palma em pequena quantidade e só a união entre as saboeiras fez que com que fosse possível nossa primeira compra então entendemos porque o uso da palma era tão importante.
Em 2008, reunimos tres grupos e fizemos nosso primeiro encontro e começou nossa luta para a legalização da saboaria, batemos em muitas portas até que a Graça Tavares conseguiu o apoio do sebrae e desde então temos com a orientação do sebrae seguindo em nossa luta. Temos uma petição publica para que possamos avançar na nossa luta e não deixe de participar, mesmo se apenas admira a arte, precisamos de pessoas que nos ajude a conseguir as 22 mil assinaturas e seguir em nossa luta.
Segue o link da petição:  http://www.peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=sabaoartesanal
Só retomamos os encontros em 2010 apenas com o grupo flor de laranjeira, estamos realizando o V ENCONTRO NACIONAL DE SABOARIA, em setembro nos dias 19, 20 e 21 de setembro, com muitas palestras, confraternização e troca de sabonetes.
Veja as fotos de alguns flagrantes do encontro do ano passado no hotel IBIS em Indaiatuba.
Luciana fala com paixão sobre e conhecimento sobre os óleos vegetais;

Daniela e sua palestra sobre "Beleza Inteligente".

Dânia e Felipe, fecharam com chave de ouro o ciclo de palestras do sabado.
Graça Tavares e sua palestra sobre o sabão bola, tradicional de Minas Gerais.


Os participantes concentrados, prestando muita atenção nas palestras que foram maravilhosas. Obrigada a todos os palestrantes!!!

terça-feira, 29 de abril de 2014

AGENDA DE MAIO DOS CURSOS PRESENCIAIS E CURSOS A DISTANCIA


Esse mês vamos ter uma turma especial aos sábados: 



Também teremos duas turmas iniciando e como são quase dois meses de aula, somente teremos outra turma em julho. As inscrições estão abertas e o numero de vagas é limitado!!!